Câmara de Marília entrega título de Cidadão Mariliense ao empresário Francisco da Silva

por Ramon Barbosa Franco publicado 07/11/2019 20h50, última modificação 11/11/2019 17h17
Honraria é de autoria do vereador João do Bar (PHS) e reconhece os esforços de um empreendedor que viu a zona Norte crescer e se fortalecer

A Câmara Municipal de Marília entrega nesta sexta-feira, dia 8 de novembro, o título de Cidadão Mariliense ao empresário Francisco Raimundo da Silva, proprietário da rede de supermercados São Francisco. O supermercadista é nascido no Estado de Alagoas, na cidade de Piranhas, em 25 de janeiro de 1939. Migrou para o Estado de São Paulo e praticamente foi testemunha do crescimento da zona Norte de Marília, em especial ao bairro Santa Antonieta, conforme lembrou o autor da homenagem, vereador João do Bar (PHS). “É um supermercadista que emprega, gera oportunidades para as famílias de Marília, e que muito batalhou pelo crescimento da região Norte de nossa cidade”, afirmou.

A homenagem será realizada durante sessão solene, programada para começar às 20 horas, no plenário da Câmara Municipal de Marília. A solenidade será transmitida ao vivo pela emissora legislativa TV Câmara, que pode ser sintonizada pelo canal 31.2 e pelos canais Life e NET 21.

“Ficamos honrados em poder prestar esta homenagem ao empresário Francisco Raimundo da Silva, que conhecemos há anos e tem uma trajetória que inspira a todos nós”, considerou o vereador João do Bar. O projeto de Decreto Legislativo n.º 9/2019, de autoria de João do Bar, foi aprovado de forma unânime pela Câmara em sessão secreta realizada em 6 de maio.

“Há 30 anos”, informou o legislador municipal, “Francisco e seu irmão inauguravam a primeira unidade do supermercado São Francisco, na rua João Caliman, n.º 459, no Jardim Santa Antonieta. Posteriormente, inaugura outra unidade na avenida Durval de Menezes, n.º 510, no bairro Nova Marília. Além de empresário, o senhor Francisco atua no âmbito social, destacando sua parceria com a Prefeitura Municipal, onde no não de 2016 auxilia na reforma e ampliação da unidade V do programa Pequeno Cidadão”, contextualizou João do Bar. Graças à ajuda do empresário Francisco Raimundo da Silva, o projeto localizado na zona Norte, conseguiu ampliar de 40 para 120 a quantidade de crianças atendidas.