Presidente e vice-presidente do Poder Legislativo realizam visita técnica à estação ETE Palmital

por Ramon Barbosa Franco publicado 11/08/2020 17h45, última modificação 17/08/2020 10h56
Autoridades municipais acompanharam o início do bombeamento dos efluentes às lagoas de aeração. TV Câmara fez cobertura jornalística

O presidente da Câmara Municipal de Marília, vereador Marcos Rezende (PSD), e o vice-presidente da Casa de Leis, vereador Cícero do Ceasa (PL) integraram nesta terça-feira, dia 11 de agosto, a comitiva das autoridades municipais convidadas para a visita técnica à estação de tratamento de esgoto (ETE) Palmital, localizada na vicinal de acesso ao Distrito de Dirceu. A inspeção marcou o início do bombeamento dos efluentes, que dentro de 60 dias começarão a ser tratados. Marcos Rezende e Cícero do Ceasa falaram à TV Câmara em transmissão ao vivo feita pela emissora legislativa. Autoridades que acompanharam a visita técnica, incluindo o prefeito de Marília, Daniel Alonso (PSDB), diretor-presidente do Daem (Departamento de Água e Esgoto de Marília), André Feriolli, coordenador do Procon, Guilherme Moraes, secretário de Trabalho, Nelson Mora e o ex-diretor do Daem, Marcelo Macedo, além do diretor-presidente da Replan, Reinaldo Pavarini, também concederam entrevista ao vivo do local.

“Obra construída por valor muito menor do que havia sido orçada no início, isso há mais de 20 anos, representará saúde, sustentabilidade e geração de empregos”, assegurou o presidente do Legislativo, Marcos Rezende. O vice-presidente Cícero do Ceasa ponderou que dinheiro público bem investido representa conquista para as atuais e futuras gerações. “É uma grande alegria poder acompanhar tudo isso de perto, saber que o meio ambiente e a saúde da nossa população estarão preservados”, frisou. O presidente do Sindicato dos Comerciários, Mário Herrera, compareceu à visita técnica, bem como servidores municipais da autarquia do Daem.

O conjunto das estações de tratamento representa uma obra 430 mil metros quadrados de construções, o que permitirá tratar mais de mil litros de esgoto por segundo. O bombeamento dos efluentes da bacia do córrego do Palmital para a ETE Palmital marca o início das operações de tratamento da água na estação. Dentro dos próximos 60 dias a água que chegou até as lagoas de areação voltará à natureza com cerca de 99% de pureza. “Os vereadores de Marília e a Câmara Municipal também foram protagonistas nesta conquista”, afirmou presidente do Legislativo, Marcos Rezende.