Proposta do vereador Coraíni para coleta de exames nas residências de idosos é aprovada

por Ramon Barbosa Franco publicado 14/11/2019 10h59, última modificação 14/11/2019 10h59
Projeto de Lei do professor Mário Coraíni Júnior (PTB) estabelece aos laboratórios conveniados com o Município o serviço de coleta domiciliar

Projeto de Lei de autoria do vereador Mário Coraíni Júnior (PTB) aprovado de forma unânime na sessão ordinária de segunda-feira, dia 11, determina aos laboratórios conveniados com o Município a coleta domiciliar de exames laboratoriais de idosos e pessoas com deficiência. “Temos um compromisso com a comunidade que espera desta Câmara iniciativas que possam melhorar a qualidade de vida de todos. Saúde e bem-estar são desejos comum e poder contribuir para a maior acessibilidade aos serviços médicos e laboratoriais é atender expectativas de todas as famílias e cidadãos”, comentou o parlamentar municipal ao final da sessão ordinária.

Para Coraíni, trata-se de uma conquista para toda a comunidade de Marília. Conforme a nova legislação, o Município terá 90 dias, contados a partir da publicação da Lei, para dar ciência à rede de laboratórios conveniados. O projeto prevê que todos os conveniados deverão afixar cópias da Lei nas salas de atendimento e de espera, em local de fácil visibilidade para amplo conhecimento dos clientes e seus familiares. “A nova Lei visa contribuir para a melhoria dos procedimentos médicos e acompanhamentos de pacientes que necessitam dos exames para controlar a saúde, evitando, desta forma, deslocamentos muitas vezes dificultosos, principalmente aos pacientes que estão acamados”, detalhou o vereador Mário Coraíni. A nova legislação também visa favorecer os pacientes que dependem de agendamento de ambulâncias ou mesmo de caros de amigos e familiares para locomoção até o local de coleta.