Vereador Albuquerque adere a abaixo-assinado que defende a bicicleta no Plano de Mobilidade

por Ramon Barbosa Franco publicado 12/09/2018 17h31, última modificação 12/09/2018 17h31
Documento foi apresentado na última segunda-feira, dia 10, durante visita de membros da ONG Origem e ativistas do ciclismo urbano
Vereador Albuquerque adere a abaixo-assinado que defende a bicicleta no Plano de Mobilidade

“Estamos apoiando esta causa, pois entendemos ser uma iniciativa justa e que irá proporcionar muitos benefícios para a nossa população", disse Albuquerque

O primeiro-secretário da Câmara Municipal de Marília, José Carlos Albuquerque (PRB), assinou segunda-feira, dia 11, o documento que defende a inclusão da bicicleta no Plano de Mobilidade Urbana de Marília. A proposta foi apresentada em seu gabinete por integrantes da ONG Origem e por ativistas do ciclismo urbano. Entre os ativistas do ciclismo urbano estavam lideranças de entidades que incluíram a bicicleta e a ciclovia em cidades com Curitiba e São Paulo. “Estamos apoiando esta causa, pois entendemos ser uma iniciativa justa e que irá proporcionar muitos benefícios para a nossa população, principalmente segurança para quem precisa se deslocar utilizando bicicletas”, comentou o vereador.

Estiveram no gabinete do vereador Albuquerque os ativistas Flávio Nóbrega, coordenador da ONG Origem, Sérgio Brito, membro da entidade, João Pedro Bazzo, coordenador da associação de ciclistas CicloIguaçu, Tiago Fassoni, membro da associação de ciclistas urbanos de São Paulo, e Rosa Fassoni, membro da ONG Origem. Os ativistas prestigiaram a sessão ordinária de segunda-feira, dia 10, e entregaram panfletos explicativos sobre a proposta. De acordo com a Polícia Nacional de Mobilidade Urbana, a Lei n.º 12.587/2012, os municípios brasileiros devem elaborar o Plano de Mobilidade Urbana até abril do próximo ano, caso contrário, ficam impossibilitados de receber verbas federais destinadas à mobilidade.

Conforme explicou o integrante da ONG Origem, Flávio Nóbrega, a campanha ‘Bicicleta nos Planos’ é operada pela associação ambientalista com apoio de outras entidades parceiras. “O principal objetivo é inserir a bicicleta nas Políticas Públicas de Mobilidade Urbana, através do Plano de Mobilidade Urbana”, explicou o integrante. A entidade espera contar com apoio da Câmara para a inclusão da bicicleta no plano municipal.