Vereador Maurício Roberto reitera cobrança por reformas e melhorias na UBS do Castelo Branco

por Ramon Barbosa Franco publicado 30/06/2020 19h11, última modificação 30/06/2020 19h11
Parlamentar reivindica ao Município, através do setor competente, que proceda com urgência adaptações necessárias e consertos estruturais

O vereador Maurício Roberto (PP) voltou a cobrar da Administração Municipal reformas, melhorias e as correções estruturais necessárias ao prédio que abriga a Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Castelo Branco, na zona Norte de Marília. Através da Indicação n.º 745/2020, o parlamentar municipal sugere, de forma reiterada, ao prefeito municipal Daniel Alonso (PSDB) que proceda com as obras de reforma do posto de saúde, “haja vista que este vereador, desde 2018, fez solicitação neste sentido, a mesma ainda encontra-se sem nenhuma providência por parte do Executivo municipal”, informou. De acordo com Maurício Roberto, o posto apresenta diversas rachaduras em vários locais e estes defeitos comprometem a estrutura da unidade, essencial para o atendimento das famílias que vivem no bairro. “Há de se considerar que a população do Castelo Branco é formada, em sua grande maioria, por uma faixa etária idosa. Também vivem no bairro gestantes e pessoas com enfermidades diversas, portanto as instalações do posto de saúde precisam estar em perfeitas condições para a segurança e bem-estar de todos”, cobrou.

Em 2019, Maurício Roberto apresentou requerimento com a mesma reivindicação, e recebeu como resposta da Administração Municipal a informação que projeto arquitetônico para a melhoria do posto havia sido elaborado pela Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e que o mesmo encontrava-se na Secretaria Municipal de Obras Públicas para a realização de planilhas orçamentárias. Ainda como resposta, a Prefeitura de Marília complementou através do então secretário municipal de Obras Públicas, engenheiro André Luiz Ferioli, com a seguinte informação: ‘Informamos que este assunto – a reforma UBS Castelo Branco – está sendo tratado através do Protocolo n.º 51440/2016, que encontra-se na Secretaria de Obras’. “Mais de um ano se passou deste comunicado oficial e, ainda assim, a unidade de saúde segue sem a devida melhoria”, frisou.

Maurício Roberto ponderou que a reforma é esperada há muito tempo pela comunidade e, “certamente trará a merecida qualidade no atendimento aos pacientes, usuários e, acima de tudo, aos valorosos servidores”, concluiu.